saúde feminina

Cuidados Especiais a ter com a Saúde Feminina

As mulheres, assim como os homens, têm caraterísticas e particularidades fisiológicas e biológicas que se distinguem e que também requerem cuidados especiais. 

Há doenças ou problemas de saúde que afetam exclusivamente ou de forma prevalente o género feminino e que, por isso, merecem uma atenção mais demorada e individualizada. Fica a saber os cuidados a ter com a saúde feminina, desde a nascença à velhice.

saúde feminina

Cuidados Especiais a ter com a Saúde Feminina

As idas regulares ao médico são hábitos recomendados tanto a homens, como a mulheres. Controlarem a sua audição ou visão, por exemplo, são aspetos da máxima importância, sobretudo à medida que a idade avança.

Porém, há consultas médicas especificamente dirigidas às mulheres e que devem ser feitas periodicamente, de modo a evitarem-se complicações.

saúde feminina
Ginecologista

Assim que a mulher inicia a sua vida sexual ou a partir dos 20/25 anos de idade, ela deve visitar, todos os anos, o ginecologista. Nestas consultas de rotina, além de ser feito um exame ginecológico, são esclarecidas dúvidas relacionadas com intimidade, sexualidade, menstruação, infertilidade, menopausa, etc.

Vai a doctorino.pt e agenda já a tua consulta com um ginecologista.

Consulta pré-Natal e de gravidez

As mulheres em idade fértil que pretendem engravidar devem, previamente, marcar uma consulta pré-Natal, de modo a esclarecerem todas as dúvidas do casal e, também, para lhes serem prescritos alguns exames, como exame ginecológico, citologia, análises de rotina, com rastreio do VIH e hepatite B, toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus.

Quando engravidar, a gestante deve continuar a ser acompanhada por um médico, fazendo todas as consultas, exames e análises recomendadas por ele.

Vai a doctorino.pt e marca a tua consulta com um obstetra.

Além das consultas de rotina e das mais específicas para as mulheres, também há exames fundamentais para controlar o estado da saúde feminina.

Citologia

A citologia permite diagnosticar quaisquer problemas nas células do colo do útero, nomeadamente detetar células cancerígenas. Este procedimento deve ser realizado a partir dos 20 anos de idade ou desde que se inicia a vida sexual e deve ser repetido de 3 em 3 anos.

Se está na altura de fazeres este exame, vai a doctorino.pt, marca consulta com um ginecologista e realiza a tua citologia.

Auto-exame da mama

O auto-exame da mama é um exame fundamental que todas as mulheres, a partir dos 20 anos de idade, devem fazer 7 dias após a menstruação.

Para isso, deves estar nua da cintura para cima e colocares-te em frente ao espelho, de modo a observares sinais de alerta, nomeadamente: assimetria excessiva; pele casca de laranja; vermelhidão; ou líquido no mamilo.

A seguir, deves realizar a palpação da mama, no sentido dos ponteiros do relógio, de fora para dentro. Sempre que este exame levantar a suspeita de que algo não está bem, deves consultar de imediato um médico especialista.

Se tal aconteceu contigo, então vai a doctorino.pt e agenda já uma consulta com um ginecologista.

cancro da mama
aumento mamário
Mamografia e ecografia mamária

Além do auto-exame da mama, a partir dos 20 anos de idade, a mamografia é outro exame recomendado a mulheres mais velhas e/ou que têm fatores de risco para o desenvolvimento de cancro da mama.

Normalmente, a mamografia e a ecografia mamária são prescritas a mulheres a partir dos 40 ou 50 anos de idade, devendo este exame ser repetido de ano a ano ou de 2 em 2 anos.

Marca consulta com um ginecologista em doctorino.pt e coloca estes exames em dia!

Densitometria óssea

As doenças ósseas são mais prevalentes em pessoas com mais de 65 anos de idade, sobretudo mulheres que já passaram a menopausa. Assim, controlar a densidade mineral óssea é fundamental para diagnosticar a existência ou não de problemas ósseos como a osteoporose.

Por isso, vai a doctorino.pt e agenda uma consulta com um ortopedista.

Vacina do Vírus do Papiloma Humano (HPV)

Também no quadro das vacinas, há vacinas especialmente pensadas para as mulheres. O Plano Nacional de Vacinação determina que, aos 10 anos de idade, todas as meninas devem tomar duas doses da vacina contra infeções pelo vírus do papiloma humano de 9 genótipos (HPV9).

Esta vacina é uma forma eficaz de prevenir uma doença sexualmente transmissível que tanto pode estar na origem de lesões benignas, como malignas.

Se tens filhas nesta idade, então consulta um pediatra para tirares todas as dúvidas. Vai a doctorino.pt e agenda!

A saúde da mulher requer, assim, alguns cuidados específicos, quer sejas uma criança, uma jovem, uma mulher ou uma sénior. Tratar bem de ti todos os dias deve ser a rotina mais importante da tua vida e, por isso, nunca a deves descurar.

saúde feminina
Artigos Recentes
doenças neurodegenerativas
Há mais de 600 doenças neurodegenerativas. Percebe as suas principais consequências
Há mais de 600 doenças neurodegenerativas, sendo as mais conhecidas Huntington, Parkinson e Alzheimer (esta...
doenças autoimunes
Sabes o que são doenças autoimunes? Nós explicamos
Numa doença autoimune, é o próprio sistema imunitário que agride o corpo. Por isso, nestes...
prevenção da anemia
Conhece os sintomas e modos de prevenção da anemia
A anemia é uma condição que se caracteriza por um conteúdo reduzido de hemoglobina no...