problemas de visão

Queres saber se o teu filho tem problemas de visão? Continua a ler…

Talvez não imagines, mas uma em cada cinco crianças tem problemas de visão. Porém, nem sempre é fácil detetar esses problemas, daí a importância de um diagnóstico precoce.

Os olhos desenvolvem-se até à puberdade, mas é importante que antes dessa fase sejam detetadas eventuais alterações oftalmológicas de modo a evitar o seu agravamento ou mesmo lesões irreversíveis. Fica a saber quando deves levar o teu filho a um oftalmologista e quais os sinais de alerta a que deves estar atento.

COVID-19
Queres saber se o teu filho tem problemas de visão? Continua a ler…

Aproximadamente 20% das crianças tem alterações oftalmológicas que carecem de acompanhamento e tratamento clínico. Os problemas de visão podem prejudicar as atividades diárias dos mais pequenos, nomeadamente o seu aproveitamento escolar. 

Portanto, há que estar atento a alguns indicadores importantes dados pelas crianças, tais como:

  • Aproximar-se das coisas, especialmente dos ecrãs;
  • Rejeitar atividades que exigem esforço visual;
  • Semicerrar as pálpebras para focar;
  • Ter sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Esfregar muito os olhos;
  • Apresentar olhos vermelhos, inflamados ou lacrimejantes;
  • Queixar-se de cefaleias/dores de cabeça;
  • Sentir dificuldade em copiar, sem erros, palavras ou letras;

Contudo, convém sublinhar que os problemas visuais nem sempre se manifestam através destes sinais, pelo que a realização de rastreios visuais e de consultas oftalmológicas durante a infância e a adolescência são particularmente importantes.

Por isso, vai a doctorino.pt e marca já uma consulta de especialidade para o teu filho.

 

Rastreio visual e consulta de oftalmologia

Como dissemos, o rastreio visual e a consulta de oftalmologia são a melhor forma de verificares se o teu filho tem ou não problemas de visão. 

Assim, é recomendado que, além do rastreio à nascença, a criança faça novo rastreio aos 2/3 anos de idade e aos 5/6 anos de idade, antes de ingressar na escola primária.

Quanto à consulta de oftalmologia pediátrica, e mesmo que não sejam detetados problemas, é aconselhável que leves o teu filho a um especialista antes dos 3 anos de idade.

Portanto, não esperes mais,vai a doctorino.pt e agenda já uma consulta para o teu filho.

 

Tratamento e prevenção

Na generalidade dos casos, a prescrição dos óculos é a forma de tratamento ou de controlo para erros refrativos, como miopia, astigmatismo ou hipermetropia. Em alguma situações, pode ser sugerida a oclusão de olho, com o objetivo de exercitar o olho que vê pior.

Embora muitos dos problemas visuais possam ter origem genética, há comportamentos que contribuem para uma melhor saúde ocular, nomeadamente:

  • Alternar a visão ao perto com a visão ao longe;
  • Garantir uma distância de leitura entre os 30 e os 40 cm;
  • Colocar o computador de modo a que os olhos estejam 15º a 20º acima do centro do monitor;
  • Ver televisão a uma distância cinco vezes superior à largura do aparelho;
  • Diminuir o número de horas passado em espaços fechados;
  • Privilegiar as atividades ao ar livre;
  • Fazer consultas de oftalmologia regulares.
 
problemas de visão
 

 

Artigos Recentes
doenças neurodegenerativas
Há mais de 600 doenças neurodegenerativas. Percebe as suas principais consequências
Há mais de 600 doenças neurodegenerativas, sendo as mais conhecidas Huntington, Parkinson e Alzheimer (esta...
doenças autoimunes
Sabes o que são doenças autoimunes? Nós explicamos
Numa doença autoimune, é o próprio sistema imunitário que agride o corpo. Por isso, nestes...
prevenção da anemia
Conhece os sintomas e modos de prevenção da anemia
A anemia é uma condição que se caracteriza por um conteúdo reduzido de hemoglobina no...