Fisioterapeuta Helena Aurélio
Conte-nos o seu percurso e a razão pela qual escolheu a sua especialidade.:

Licenciada em Fisioterapia desde 2014. Desde os meus estágios curriculares e mesmo na minha atividade profissional, que a minha intervenção tem sido principalmente em idosos com diversas patologias (músculo-esqueléticas, cardio-respiratórias ou neurológicas). A faixa etária da terceira idade representa a maior parte da população que trato diáriamente. Por esse motivo, tenho desenvolvido um carinho particular pela área da geriatria levando-me a querer melhorar a qualidade de vida dos que me procuram.

Outra abordagem terapêutica que é do meu interesse e que se tem vindo a tornar bastante popular,é o Pilates Clínico pois abrange vários exercícios para planos de tratamento bastante globais.

Em geral, considero-me uma pessoa empenhada,ambiciosa e feliz por ser fisioterapeuta e por ter uma profissão tão gratificante.

Que tratamentos realiza no seu dia-a-dia e qual o impacto nos seus pacientes?:

Avaliação e elaboração de plano de intervenção com base nas necessidades específicas de cada utente e do seu quadro clínico, de modo a promover o movimento e a funcionalidade do indivíduo.

Qual o seu principal target e que tratamentos têm mais procura?:

Indivíduos com qualquer patologia em que o movimento e a função sejam estejam comprometidos pelo próprio envelhecimento, lesões, dor, doenças, distúrbios que possam limitar as atividades de vida diárias ou que representem restrições sociais.

Que alterações tem vindo a observar na sua atividade profissional ao longo do seu percurso (por exemplo, procura, necessidades dos pacientes, intervenção do digital)?:

Recentemente a Fisioterapia tem alargado horizontes pelo campo da tecnologia digital de modo a poder chegar aos utentes de forma rápida e confortável.

Em que medida o digital favorece o contacto e acompanhamento dos seus pacientes?:

A tele-reabilitação é um método alternativo e inovador que exige adaptação progressiva. Torna-se portanto um desafio para o próprio utente de se motivar, interagir e participar de forma dinâmica no seu próprio processo de recuperação.

 

Fisioterapeuta Helena Aurélio

 
Artigos Recentes
aumentar o número de pacientes
5 Estratégias de Marketing Digital para Aumentar o Número de Pacientes
Para os profissionais de saúde em 2021, é crucial investir na sua presença online, e...
parkinson
Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais comum. Conhece os seus sintomas
Mundialmente, há 7 a 10 milhões de doentes com Parkinson. Só em Portugal há 20...
Será mesmo preciso tomar suplementos vitamínicos e alimentares?
Será mesmo preciso tomar suplementos vitamínicos e alimentares? Os suplementos alimentares não são medicamentos, mas...