cecília medeiros
Conte-nos o seu percurso e a razão pela qual escolheu a sua especialidade.:

Especialista em psicologia clínica e da saúde, com mais de 18 anos de experiência (a maioria no SNS) e com vasta formação (doutorada em psicologia clínica, mestre em psicopatologia e psicologia clínica e com formação em psicoterapia psicodinâmica), pela procura de conhecimento e pela possibilidade de ajudar o outro.

Que tratamentos realiza no seu dia-a-dia e qual o impacto nos seus pacientes?:

Partilho de uma compreensão mais profunda do funcionamento mental que vai para além do foco nos sintomas, procurando as suas raízes e não ficando apenas pela sua remoção ou diminuição. Através da psicoterapia psicodinâmica e incindindo na totalidade da personalidade procura-se o conhecimento do mundo interno (o pensar, o sentir e o inconsciente) e dos aspetos relacionais que influenciam a relação com os outros e consigo próprio com o objetivo de diminuir o sofrimento e de aumentar a satisfação e o crescimento pessoal.

Qual o seu principal target e que tratamentos têm mais procura?:

Todas as idades: Grávidas/bebés, Crianças, Adolescentes, Adultos, Idosos
Psicoterapia psicodinâmica.

Que alterações tem vindo a observar na sua atividade profissional ao longo do seu percurso (por exemplo, procura, necessidades dos pacientes, intervenção do digital)?:

Maior abrangência de idades e aumento do sexo masculino na procura.

Em que medida o digital favorece o contacto e acompanhamento dos seus pacientes?:

É possível atender pacientes de todo o país.

 

Cecília Medeiros

 

 

Artigos Recentes
Maria Luis capa_blog
A Terapeuta Maria Luís Lopes já está Disponível Para Marcações na Doctorino!
"Ajudar os outros a encontrarem o seu equilíbrio a nível físico, emocional e mental de...
acne capa
Acne: saiba tudo, o que é e como tratar
A acne é provavelmente a doença da pele mais comum na vida dos portugueses. A...
importância da vacinação capa
Importância da Vacinação – 5 razões para se vacinar contra a Covid-19
Como é sabido, a vacina contra a covid-19 não é obrigatória, sendo por isso o...