Sabes quais os tipos de cancro mais comuns a nível mundial? Nós dizemos-te!

Dia 04 de fevereiro assinala-se o Dia Mundial do Cancro. Esta é uma doença cada vez mais comum, mas também é cada vez mais elevada a taxa de sucesso de quem tem de enfrentar este problema de saúde. Ignorar que ele existe ou não falar sobre ele, não faz com que ele desapareça. Por isso, hoje vamos debruçar-nos sobre os 3 tipos de cancro mais frequentes em todo o mundo.

O cancro do pulmão, o cancro da mama e o cancro do colo-retal são os tumores mais frequentes em todo o planeta, segundo o relatório Cancer Research de 2011. Além de serem as doenças cancerígenas mais comuns a nível mundial, são também as mais recorrentes a nível nacional, afetando um número significativo de portugueses. Assim, o que pretendemos é que fiques mais sensibilizado para os seus fatores de risco e medidas preventivas. Toma atenção!

Queres saber mais sobre os tipos de cancro mais comuns? Continua a ler…
Cancro do pulmão

O cancro do pulmão é mesmo a doença oncológica com maior incidência em todo o mundo. É mais comum em homens, sendo até a primeira causa de morte por cancro em indivíduos do sexo masculino. No caso feminino, representa a segunda causa de morte por cancro, sendo apenas superada pelo cancro da mama.

Há dois grupos de tumores associados a este cancro: o cancro do pulmão de não-pequenas células e o cancro do pulmão de pequenas células. A sua origem pode localizar-se na traqueia, brônquios ou tecido pulmonar.

Fatores de risco
  • História pessoal ou familiar;
  • Exposição ao radão amianto, carcinogéneos (urânio ou arsénico), entre outros;
  • Tabagismo (fumador ativo ou passivo).
Medidas preventivas
  • Evitar os fatores de risco, sempre que possível;
  • Ter um estilo de vida saudável;
  • Fazer uma dieta equilibrada (consumir muita fruta e vegetais);
  • Praticar exercício físico.

MARCA A CONSULTA


Cancro da mama

Como talvez já suspeites, este é o tumor mais frequente nas mulheres, à escala mundial. Em Portugal, os números são ilustrativos. Todos os anos, são diagnosticados 4500 novos casos!

Embora também se possa manifestar em indivíduos do sexo masculino, a sua ocorrência não é tão significativa. Já nas mulheres, esta é a primeira causa de morte por cancro. Trata-se de um tumor maligno com origem nas células da glândula mamária.

Fatores de risco
  • História familiar ou pessoal;
  • Menstruar antes dos 12 anos de idade;
  • Ter o primeiro filho após os 30 anos ou não ter filhos;
  • Iniciar a menopausa depois dos 55 anos;
  • Fazer terapia hormonal de substituição durante 5 ou mais anos;
  • Ter mais de 60 anos de idade;
  • Ter alterações tecidulares da mama e/ou em alguns genes;
  • Fazer radiação torácica;
  • Ter excesso de peso/obesidade.
Medidas preventivas
  • Evitar os fatores de risco, sempre que possível;
  • Ter um estilo de vida saudável;
  • Fazer uma dieta equilibrada (consumir muita fruta e vegetais);
  • Praticar exercício físico;
  • Realizar rastreios e exames de diagnóstico e de controlo, de acordo com a idade.
Exames à mama que deves fazer ao longo da vida
  • autoexame da mama, no 3º ou 5º dia após a menstruação (desde os 20 anos de idade);
  • avaliação clínica por um médico ou especialista (desde os 20/30 anos);
  • mamografia (desde os 35 anos);
  • repetição da mamografia (desde os 40/45 anos);
  • realização bianual da mamografia (desde a menopausa).

MARCA A CONSULTA


Cancro colo-retal

Se no resto do mundo este é o terceiro cancro mais frequente, em Portugal ele é o segundo. A sua origem é o cólon ou o reto e há fatores de risco associados que importa ficar a conhecer.

Fatores de risco
  • Ter antecedentes familiares;
  • Ser sedentário;
  • Ter excesso de peso;
  • Fumar;
  • Beber álcool em excesso;
  • Ter idade avançada;
  • Ter pólipos no cólon e no reto;
  • Sofrer de colite ulcerosa ou doença de Crohn.
Medidas preventivas
  • Evitar os fatores de risco, sempre que possível;
  • Ter um estilo de vida saudável;
  • Fazer uma dieta equilibrada (consumir muita fruta e vegetais);
  • Realizar uma colonoscopia (nomeadamente, a partir dos 50 anos).

Aposta na prevenção e marca já o teu check-up! Na Doctorino podes encontrar os melhores especialistas na área da saúde para te ajudarem. 

MARCA A CONSULTA