diabetes
Sabes quais os cuidados que os diabéticos devem ter, durante o isolamento?

Portugal diagnostica todos os anos entre 60 a 70 mil novos casos de diabetes. Aproximadamente 8% dos portugueses sofrem desta patologia. A incidência desta doença está mesmo a aumentar a nível mundial, principalmente devido à diabetes tipo 2.

A diabetes trata-se de uma doença crónica que faz dos diabéticos um grupo de risco para a COVID-19. Isto significa que estes indivíduos devem ter cuidados redobrados, de modo a prevenir a contaminação pelo novo coronavírus. Sabe quais.

Sabes quais os cuidados que os diabéticos devem ter, durante o isolamento?

A Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal recomenda que todos os diabéticos tenham cuidados especiais com a sua saúde, durante este período de isolamento, nomeadamente controlando a glicemia e a cetona.

Além disso, os doentes diabéticos devem:

  • tomar regularmente a medicação para a diabetes, como o tratamento com insulina;
  • verificar a glicemia a cada 4 horas;
  • consumir líquidos não açucarados a cada 30 minutos;
  • ter uma dieta saudável, de acordo com a Roda dos Alimentos;
  • controlar a temperatura corporal, de manhã e à noite.

De resto, e de acordo com o Serviço Nacional de Saúde (SNS), os indivíduos diabéticos devem seguir as recomendações gerais, endereçadas a toda a população. O diabético deve mesmo evitar sair de casa, pois tem um sistema imunitário mais frágil, que o deixa mais vulnerável, em caso de infeção pelo novo coronavírus. 

Além disso, o SNS reforça a importância de adotar as medidas de prevenção do contágio junto desta população, como o distanciamento e isolamento sociais, a lavagem correta e frequente das mãos e a prática de uma boa etiqueta respiratória.


A importância da videoconsulta para o doente diabético

É certo que se a doença crónica, neste caso a diabetes, estiver bem controlada, a probabilidade de surgirem complicações, nomeadamente em caso de infeção por COVID-19, é bem menor. 

É, também, natural que todas estas alterações de rotinas, provoquem algumas mudanças no organismo do diabético, por exemplo nos seus níveis de glicemia e cetona. Daí, a importância do doente monitorizar esses valores, mas também de os partilhar com um médico, sempre que sinta necessidade de apoio ou esclarecimento. 

Os ajustes na medicação habitual também podem ser imprescindíveis e, por isso, o acompanhamento do diabético por um médico é de suma importância. Portanto, mantém-te em isolamento e seguro, optando por consultar um especialista através de uma videoconsulta. 

Para isso, vai a doctorino.pt e marca já a tua videoconsulta!

Artigos Recentes
Alexandre Nunes
O Dr. Alexandre Nunes já está na Doctorino!
"Não me preocupo apenas com redução de dor, mas sim, em proporcionar melhor funcionalidade e...
lanches nutritivos e práticos
7 Lanches Nutritivos e Práticos para levar para a Escola
Queres saber o que não pode faltar na lancheira do teu filho? Damos-te 7 lanches...
regresso às aulas
11 Cuidados a ter com as Crianças no Regresso às Aulas
No regresso às aulas presenciais, mas a escola que vão encontrar tem novas regras a...