Percebe quais os contributos da videoconsulta na relação entre profissional de saúde e paciente

A partir de agora, a Doctorino dispõe do serviço de videoconsulta. Este é um sistema através do qual podes ser consultado por um profissional de saúde, sem teres de sair de casa. Trata-se de um método prático, funcional e particularmente útil neste momento em que vivemos uma pandemia causada pela COVID-19 e devemos pôr em prática o chamado “isolamento social”.

Esta é uma solução simples quer para o profissional de saúde, quer para o paciente pois, ao contrário do que acontece numa consulta ao domicílio, esta não exige qualquer deslocação física, sendo feita uma observação e exame do doente em tempo real. Conhece estas e outras vantagens deste sistema na relação entre profissional de saúde e paciente.

Percebe quais os contributos da videoconsulta na relação entre profissional de saúde e paciente

Os estudos realizados sobre as videoconsultas têm verificado a sua viabilidade e a sua capacidade de melhorar a satisfação dos doentes. Esta é, de resto, uma realidade muito comum em vários países, nomeadamente europeus e norte-americanos. Durante e no final da videoconsulta, o profissional de saúde deve ser capaz de incluir no processo do doente registos relativos aos seus dados clínicos mais relevantes.

Os doentes em isolamento (seja pela circunstância atual, seja por outra) são os que mais beneficiam deste serviço, conseguindo ter acesso a cuidados de saúde, mesmo que à distância.

A vantagem da videoconsulta sobre o aconselhamento clínico por telefone, por exemplo, é por demais evidente, uma vez que através da videoconsulta o profissional de saúde consegue avaliar a comunicação não verbal do paciente e através de uma chamada telefónica convencional não. 


O caso dos doentes crónicos

Existem, de facto, várias situações clínicas que podem ser orientadas à distância, dispensando o exame físico presencial, bastando que os profissionais de saúde em causa tenham algum treino e prática nesta modalidade de consulta.

No cenário pandémico atual, motivado pela propagação do novo coronavírus, a recomendação é para ficar em casa e evitar ir ao hospital, sobretudo os grupos de risco, nos quais se integram os doentes crónicos. Acontece que os doentes crónicos (como a definição da sua doença indica) precisam de acompanhamento por um profissional de saúde regular.

Assim, a videoconsulta é a melhor solução para essa população que, em 2019, constituía nada mais nada menos do que 3,9 milhões de portugueses! Não te esqueças que na categoria das doenças crónicas não só se encaixam situações como a diabetes ou a asma, mas também outros problemas, como hipertensão arterial, dislipidemias, obesidade, perturbações do sono, cefaleias, desabituação tabágica, depressão ou estados de ansiedade minor, distúrbios alimentares, entre outros. 

A videoconsulta permite, deste modo, que mesmo em tempos de COVID-19, o doente possa interagir com um profissional de saúde, ser acompanhado e esclarecido por ele e, por outro lado, o profissional de saúde possa monitorizar o estado clínico do paciente, fazendo nomeadamente ajustes ou recomendações à sua medicação, se assim se justificar.


Avaliação de análises e exames

Fizeste recentemente análises ou exames mas, devido às medidas de isolamento social, não pudeste ir mostrar os resultados ao teu profissional de saúde? A videoconsulta é uma excelente maneira de resolveres essa situação e conseguires que um profissional de saúde analise esses meios complementares de diagnóstico que tens na tua posse.


Vantagens da videoconsulta

Segundo os próprios doentes, algumas das vantagens da videoconsulta são:

  • acesso fácil aos profissionais de saúde;
  • dispensa da necessidade de deslocação;
  • poupança de tempo e dinheiro;
  • melhor comunicação e esclarecimento de dúvidas;
  • maior atenção e proximidade com o profissional de saúde;
  • reforço do vínculo humano.

Mas, afinal, como funciona?

Vai a doctorino.pt e clica no botão “Consulta à Distância” que te dá acesso aos profissionais de saúde em regime de videoconsulta. Depois, seleciona o profissional de saúde que pretendes e escolhe a opção “videoconsulta”. 

De seguida, tu e o profissional irão receber um email de confirmação da marcação e outro email que indicará quais os passos a seguirem, na altura de realizarem a videoconsulta, a qual pode ser feita por computador, telemóvel ou tablet.

Para usufruires deste serviço não precisas de instalar nenhuma app ou software. Basta abrires o email de acesso que vais receber e clicares no botão de chamada.

Nota: As videoconsultas estão sujeitas ao cumprimento de todas as obrigações éticas prescritas pelo código de ética da Ordem dos Médicos.

Portanto, vai a doctorino.pt e marca já a tua videoconsulta!