Sentes dores nos ossos? Eis o que deves fazer!

Antes de mais, é importante saberes distinguir a dor óssea da dor muscular ou articular. Uma forma de o conseguires fazer é ter em conta que as dores nos ossos se mantêm, mesmo se estiveres em repouso.

Sentir dores nos ossos é relativamente comum, sobretudo nesta época do ano, devido a doenças como a gripe. Contudo, este sintoma pode ser causado por outros problemas de saúde e não só… É isso que vamos explicar-te para que saibas o que fazer, caso sintas dores nos ossos.

Sentes dores nos ossos? Eis o que deves fazer!

+Quedas

Após um acidente, queda, pancada ou traumatismo, por exemplo, é natural existirem dores nos ossos, na zona que sofreu o embate, dores que podem agudizar-se se colocares peso sobre essa região corporal.

Nesta situação, deves procurar repousar e tomar um analgésico, para reduzir a dor e ajudar o osso a cicatrizar. Se ao fim de 3 dias o problema persistir, deves consultar um ortopedista.

+Gripe

Como já dissemos, a gripe pode provocar um incómodo ósseo, devido à acumulação de secreções nos seios nasais, a qual causa dor sobretudo na região musculo-esquelética facial.

Assim, é importante que, neste caso, faças inalações com soro fisiológico, 2 a 3 vezes por dia, Além disso, deves beber cerca de 1,5/2 litros de água para ajudar a libertar essas secreções. Se os sintomas persistirem, deves consultar um otorrino.

+Osteoporose

Em casos mais graves e persistentes, as dores nos ossos podem ser um sinal de osteoporose. Uma doença caracterizada pela diminuição da massa óssea, devido à falta de vitamina D e cálcio. Esta patologia, muito comum na população sénior, provoca dor especialmente nos ossos dos braços e das pernas. 

Se suspeitas que sofres deste problema, então deves fazer um exame de densitometria óssea. Se o diagnóstico se confirmar, deves seguir as indicações médicas e consumir mais alimentos com vitamina D e cálcio, como ovos, iogurte e queijo.

+Infeção

Se, além da dor óssea, tens febre acima dos 38ºC e inchaço e vermelhidão no local afetado, então podes ter uma infeção nos ossos, conhecida por osteomielite. Neste caso, deves agendar uma consulta urgente, de forma a iniciares o tratamento mais adequado para o teu caso. Não esperes mais e vai já a doctorino.pt

+Metástases

Em situações mais severas, em que as dores nos ossos surgem acompanhadas de um emagrecimento rápido e de um cansaço excessivo, tal pode ser sinal da existência de uma doença cancerígena e da presença de um cancro com eventuais metástases. Neste caso, deves consultar um médico oncologista e seguir as suas indicações.


MARCA A CONSULTA

Como tratar as dores nos ossos?

Obviamente que o tratamento para a dor óssea irá depender da sua causa. Nas situações mais simples e de fácil resolução, descanso, alongamentos e a aplicação de compressas de gelo sobre a região afetada podem ser passos suficientes para pôr fim a este incómodo.

Já noutras situações, em que haja lugar a infeção, pode ser necessário o recurso a antibióticos ou anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, de maneira a aliviar os sintomas e a resolver o problema.

Finalmente, nos casos mais severos, aconselha-se a consulta de um médico, visto que podem ser necessários tratamentos mais específicos e, mesmo, uma cirurgia em alguns cenários limite.

Nota: Como ficou claro, as dores nos ossos mais inofensivas devem ser ultrapassadas em poucos dias e, após tratamento, os sintomas devem ir atenuando. Caso tal não aconteça, é sinal de que deves consultar um clínico, de maneira a despistares doenças mais graves. Não te esqueças que, por vezes, as dores nos ossos também podem ser sinal de algo mais sério. Portanto, não esperes mais e marca já a tua consulta no Médico de Família em doctorino.pt.

MARCA A CONSULTA