problemas de visão

Queres saber se o teu filho tem problemas de visão? Continua a ler…

Talvez não imagines, mas uma em cada cinco crianças tem problemas de visão. Porém, nem sempre é fácil detetar esses problemas, daí a importância de um diagnóstico precoce.

Os olhos desenvolvem-se até à puberdade, mas é importante que antes dessa fase sejam detetadas eventuais alterações oftalmológicas de modo a evitar o seu agravamento ou mesmo lesões irreversíveis. Fica a saber quando deves levar o teu filho a um oftalmologista e quais os sinais de alerta a que deves estar atento.

COVID-19
Queres saber se o teu filho tem problemas de visão? Continua a ler…

Aproximadamente 20% das crianças tem alterações oftalmológicas que carecem de acompanhamento e tratamento clínico. Os problemas de visão podem prejudicar as atividades diárias dos mais pequenos, nomeadamente o seu aproveitamento escolar. 

Portanto, há que estar atento a alguns indicadores importantes dados pelas crianças, tais como:

  • Aproximar-se das coisas, especialmente dos ecrãs;
  • Rejeitar atividades que exigem esforço visual;
  • Semicerrar as pálpebras para focar;
  • Ter sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Esfregar muito os olhos;
  • Apresentar olhos vermelhos, inflamados ou lacrimejantes;
  • Queixar-se de cefaleias/dores de cabeça;
  • Sentir dificuldade em copiar, sem erros, palavras ou letras;

Contudo, convém sublinhar que os problemas visuais nem sempre se manifestam através destes sinais, pelo que a realização de rastreios visuais e de consultas oftalmológicas durante a infância e a adolescência são particularmente importantes.

Por isso, vai a doctorino.pt e marca já uma consulta de especialidade para o teu filho.

 

Rastreio visual e consulta de oftalmologia

Como dissemos, o rastreio visual e a consulta de oftalmologia são a melhor forma de verificares se o teu filho tem ou não problemas de visão. 

Assim, é recomendado que, além do rastreio à nascença, a criança faça novo rastreio aos 2/3 anos de idade e aos 5/6 anos de idade, antes de ingressar na escola primária.

Quanto à consulta de oftalmologia pediátrica, e mesmo que não sejam detetados problemas, é aconselhável que leves o teu filho a um especialista antes dos 3 anos de idade.

Portanto, não esperes mais,vai a doctorino.pt e agenda já uma consulta para o teu filho.

 

Tratamento e prevenção

Na generalidade dos casos, a prescrição dos óculos é a forma de tratamento ou de controlo para erros refrativos, como miopia, astigmatismo ou hipermetropia. Em alguma situações, pode ser sugerida a oclusão de olho, com o objetivo de exercitar o olho que vê pior.

Embora muitos dos problemas visuais possam ter origem genética, há comportamentos que contribuem para uma melhor saúde ocular, nomeadamente:

  • Alternar a visão ao perto com a visão ao longe;
  • Garantir uma distância de leitura entre os 30 e os 40 cm;
  • Colocar o computador de modo a que os olhos estejam 15º a 20º acima do centro do monitor;
  • Ver televisão a uma distância cinco vezes superior à largura do aparelho;
  • Diminuir o número de horas passado em espaços fechados;
  • Privilegiar as atividades ao ar livre;
  • Fazer consultas de oftalmologia regulares.
 
problemas de visão
 

 

Artigos Recentes
cabelo cai no outono
Por que é que o cabelo cai no outono?
Por que é que o cabelo cai no outono? Qual será a razão para este...
segunda vaga da covid-19
Vai mesmo haver uma segunda vaga de COVID-19?
De há uns meses para cá, muito se tem escrito e falado sobre uma eventual...
dislexia
O teu filho tem dificuldades em ler e em escrever? Pode ser dislexia…
A dislexia é um distúrbio de aprendizagem que se define por uma perturbação na leitura,...